• Letras do nosso Hino e das nossas paródias

    Hino do Não Mono Bloco

    Autores: Marco 08, Rafael Pissurno, Maria Silverio, Felipe Rodrigues

     

    Tenho Dois Amores

    Original: Índio Quer Apito (Haroldo Lobo e Milton de Oliveira)

    Paródia: Rafael Pissurno

     

    Marchinha Não Mono

    Original: Mamãe Eu Quero (Vicente Paiva e Jararaca)
    Paródia: Rafael Pissurno e Maria Silvério

     

    Se o Trisal Não Funcionar

    Original: Marcha do Remador (Antônio Almeida e Bell Marques)
    Paródia: Rafael Pissurno e Maria Silvério

     

    Ela é Não Monogâmica

    Original: Chiquita Bacana (Braguinha e Alberto Ribeiro)
    Paródia: Rafael Pissurno

     

    Maria Sapatão

    Original: Maria Sapatão (João Roberto Kelly)
    Paródia: Rafael Pissurno e Jéssica Guedes

     

    No Meu Cabelo Não Mexe Babaca

    Original: O Teu Cabelo Não Nega Mulata (Lamartine Babo)
    Paródia: Rafael Pissurno

     

    Cuidado Com o Que Diz

    Original: Me Dá Um Dinheiro Aí (Ivan Ferreira, Homero Ferreira e Glauco Ferreira)
    Paródia: Rafael Pissurno

     

    Não Mama o Bloco

    Original: Mamãe Eu Quero (Vicente Paiva e Jararaca)
    Paródia: Rafael Pissurno

     

    Marchinha da Poli-saturação

    Original: Allah-La Ô (Haroldo Lobo e Nássara)
    Paródia: Rafael Pissurno

     

    Marchinha da Unicórnio

    Original: Jardineira (Benedito Lacerda e Humberto Porto)
    Paródia: Rafael Pissurno

     

    Rede Gringa da Dedé

    Original: Cabeleira do Zezé (João Roberto Kelly e Roberto Faissal)
    Paródia: Rafael Pissurno, Iuli Horácio e Maria Silvério

     

    Nosso Estranho Amor

    Autor: Caetano Veloso

     

    Toda Forma de Amor

    Autor: Lulu Santos
    Adaptação: Rafael Pissurno

     

    Já Sei Namorar

    Autores: Carlinhos Brown, Arnaldo Antunes e Marisa Monte

     

    Nobre Vagabundo

    Autor: Marcio de Abreu Mello

     

    Beijo de Jambu

    Original: Jamburana (Dona Onete e Ionete Da Silveira Gama)
    Paródia: Rafael Pissurno

  • Hino do Não Mono Bloco

    Introdução | Bb | Bdim | F | Dm | Gm | C7 | F | F7 | Bb | Bdim | F | Dm | Gm | C7 | F |

     

    C7

    Não Mono Bloco

    F

    É alegria

    C7

    É liberdade

    F

    É fantasia

     

    C7

    É puro amor

    F

    Vem comigo meu bem

    C7

    Porque eu te amo

    F

    E algumes outres também

     

     

    C7

    Não Mono Bloco

    F

    É alegria

    C7

    É liberdade

    F

    É fantasia

     

    C7

    Sem preconceito

    F

    Vamos todes nós

    C7

    Não monogâmiques

    F C7

    Aqui é nossa voz

     

    F

    Vem pro bloco

    D7/F# Gm

    Experimente essa descoberta

     

    Gm A7

    Tem solteires

    C7 F

    E tem casal com relação aberta

     

    Cº Ebº

    Tem trisal

    C7/E F F7

    E anarquista relacional

     

    Bb Bº

    Se beija um, se beija seis

    F Dm

    Não vai dar treta dessa vez

    Gm C7 F

    Basta ser ético e consensual

     

    Bb Bº

    O Poliamor em fevereiro

    F Dm

    Aqui no Rio de Janeiro

    Gm C7 F

    Já tem bloco de carnaval

     

  • Tenho Dois Amores

    Eeeee

    Tenho dois amores

    Outro pode ser você!

     

    Eeeee

    Tenho dois amores

    Outro pode ser você!

  • Marchinha Não Mono

    Não Mono Bloco

    Não Mono Bloco

    Não venha me censurar

     

    Que vai dar treta

    Que vai dar treta

    Se a chupeta eu não puder compartilhar!

     

    Dorme comigo, com ele também

    Chama mais uma, que trouxe mais três

    Aquele amigue trans, outre não binarie

    Amores e ardores, com paixão e sacanáge

     

    Não Mono Bloco

    Não Mono Bloco

    Não venha me censurar

     

    Que vai dar treta

    Que vai dar treta

    Se a chupeta eu não puder compartilhar!

     

    Tenho um contatinho que se chama Ari

    Que tem uma crush lá em Acari

    Que é companheira da tia Ivoneti

    Que tem dues namorades só que ume é minhe peguete

     

  • Se o Trisal Não Funcionar

    Se o trisal não funcionar

    Olê olê olá

    Vai aumentar

     

    Se o trisal não funcionar

    Olê olê olá

    Vai aumentar

     

    Meta-meta-meta-metamor

    Vamos todes juntes com a pivô

    A pivô ficou com a soprista

    Vamos pegar um percussionista

     

    Se o trisal não funcionar

    Olê olê olá

    Vai aumentar

     

    Se o trisal não funcionar

    Olê olê olá

    Vai aumentar

     

    Meu amor pegou o seu irmão

    Vou exercitar a compersão

    Se ele virou vínculo central!

    Não importa, hoje é carnaval!

  • Ela é Não Monogâmica

    É não monogâmica

    E é convicta

    Nem tenta se apossar

    Do coração da menina

     

    As vezes vestido, as vezes calção

    As vezes sem roupa, causando emoção

    Anti moralista, anti sem noção

    Traz muitos afetos no seu coração

  • Maria Sapatão

    Maria Sapatão, Sapatão, Sapatão

    Dois gatos com a Cecília

    Mais um com a Conceição

     

    Maria Sapatão, Sapatão, Sapatão

    Dois gatos com a Cecília

    Mais um com a Conceição

  • No Meu Cabelo Não Mexe Babaca

    No meu cabelo, não mexe babaca

    Meu corpo não é pro senhor

    Se me encostar ou falar palhaçada

    Babaca vai daqui depor

     

    No meu cabelo, não mexe babaca

    Meu corpo não é pro senhor

    Se me encostar ou falar palhaçada

    Babaca vai daqui depor

  • Cuidado Com o Que Diz

    Ei!

    Hétero Cis

    Cuidado com o que diz

    Cuidado com o que diz

     

    Não vai dar

    Não vai dar não

    Você vai ver a grande confusão

     

    Que NÃO É NÃO, nem adianta insistir

    E se desrespeitar

    Oh! Cuidado com o nariz!

     

    Ei!

    Hétero Cis

    Cuidado com o que diz

    Cuidado com o que diz

     

    Não vai dar

    Não vai dar não

    Você vai ver a grande confusão

     

    Que NÃO É NÃO, nem adianta insistir

    E se desrespeitar

    Oh! Cuidado com o nariz!

  • Não Mama o Bloco

    Não mama o bloco

    Não mama o bloco

    Só mama se ele deixar

     

    Consentimento

    Consentimento

    Com sentimento pra gente se apaixonar

     

    Não mama o bloco

    Não mama o bloco

    Só mama se ele deixar

     

    Consentimento

    Consentimento

    Com sentimento pra gente se apaixonar

  • Marchinha da Poli-saturação

    Já saturou ôoo ooo

    O poliamor ôoo ooo

     

    O meu benzinho tá com 9 namorades

    3 homens, 3 mulheres, 3 pessoes não bináres

     

    Já saturou ôoo ooo

    O poliamor ôoo ooo

     

    Agendas em conflito

    E muitas vezes temos que nos desdobrar

    Não dá, não dá, 3 horas não vai dar...

     

    Manda zap pra metamor...

    Manda zap pra marcar...

    Não dá pra se encontrar!

  • Marchinha da Unicórnio

    Ô trepadeira porque estás tão triste

    O que que foi que te aconteceu?

     

    Foi o casal que me unicornizava

    E me excluiu quando o amor cresceu

     

    Foi o casal que me unicornizava

    E me excluiu quando o amor cresceu

     

    Vem trepadeira

    Viver o amor!

    Pode ficar triste, mas não vá se abater

    Foi a monogamia agonizando ao morrer

     

    Vem trepadeira

    Viver o amor!

    Dá tempo ao tempo e o casal vai perceber

    Que te amam e desejam e vão assumir você

  • Rede Gringa da Dedé

    Olha a rede gringa da Dedé

    Será que ela é?

    Será que ela é?

    Ricah!

     

    Olha a rede gringa da Dedé

    Será que ela é?

    Será que ela é?

    Ricah!

     

    Já tem um amor na Polônia

    Já tem chameguim na Guiné

    Já foi trisal na Itália

    Só não vai pra Macaé

     

    Buser pra Macaé!

    Buser pra Macaé!

    Buser pra Macaé!

    Buser pra Macaé!

     

    (refrão)

     

    Mais quatro afetos em Genebra

    Dois vínculos em Bogotá

    Um ex-companheiro chileno

    Só não vai pra Paquetá

     

    Barca pra Paquetá!

    Barca pra Paquetá!

    Barca pra Paquetá!

    Barca pra Paquetá!

     

    (refrão)

     

    Paola é paixão mexicana

    Em Londres paixão pelo Will

    Paixão teve até na Austrália

    Só não tem em Cordovil

     

    Trem para Cordovil!

    Trem para Cordovil!

    Trem para Cordovil!

    Trem para Cordovil!

  • Nosso Estranho Amor

    Não quero sugar todo seu leite
    Nem quero você enfeite do meu ser
    Apenas te peço que respeite
    O meu louco querer


    Não importa com quem você se deite
    Que você se deleite seja com quem for
    Apenas te peço que aceite
    O meu estranho amor

     

    Ah! Mainha deixa o ciúme chegar
    Deixa o ciúme passar e sigamos juntos

    a
    Ah! Neguinha deixa eu gostar de você
    Prá lá do meu coração não me diga
    Nunca não

     

    Teu corpo combina com meu jeito
    Nós dois fomos feitos muito pra nos dois
    Não valem dramáticos efeitos
    Mas o que está depois

     

    Não vamos fuçar nossos defeitos
    Cravar sobre o peito as unhas do rancor
    Lutemos mas só pelo direito
    Ao nosso estranho amor

     

    Ah! Mainha deixa o ciúme chegar
    Deixa o ciúme passar e sigamos juntos


    Ah! Neguinha deixa eu gostar de você
    Prá lá do meu coração não me diga
    Nunca não

  • Toda Forma de Amor

    Eu não pedi pra nascer
    Eu não nasci pra perder
    Nem vou sobrar de vítima
    Das circunstâncias

     

    Eu tô plugado na vida
    Eu tô curando a ferida
    Às vezes eu me sinto
    Uma mola encolhida

     

    Você é bem como eu
    Conhece o que é ser assim
    Só que dessa história
    Ninguém sabe o fim

     

    Você não leva pra casa
    E só traz o que quer
    Eu não sou macho
    E também não sou mulher

     

    Desconstruindo o mundo
    Normatizando o bem
    Só desejamos mal

    a quem nos deseja também


    E a gente vai à luta
    E conhece a dor
    Consideramos justa

    toda forma de amor

  • Já Sei Namorar

    Uuuuuuuu Uuuuuuuu

     

    Já sei namorar
    Já sei beijar de língua
    Agora só me resta sonhar


    Já sei onde ir, já sei onde ficar
    Agora só me falta sair

     

    Não tenho paciência pra televisão
    Eu não sou audiência para solidão

     

    Eu sou de ninguém, eu sou de todo mundo
    E todo mundo me quer bem
    Eu sou de ninguém, eu sou de todo mundo
    E todo mundo é meu também

     

    Uuuuuuuu Uuuuuuuu

     

    Já sei namorar
    Já sei chutar a bola
    Agora só me falta ganhar


    Não tenho juiz
    Se você quer a vida em jogo
    Eu quero é ser feliz

     

    Não tenho paciência pra televisão
    Eu não sou audiência para solidão

     

    Eu sou de ninguém, eu sou de todo mundo
    E todo mundo me quer bem


    Eu sou de ninguém, eu sou de todo mundo
    E todo mundo é meu também

     

    Tô te querendo como ninguém
    Tô te querendo como também
    Tô te querendo como eu te quero
    Tô te querendo como se quer

     

    Uuuuuuuu Uuuuuuuu

     

    Tô te querendo como ninguém
    Tô te querendo como também
    Tô te querendo como eu te quero

    Tô te querendo como Deus quiser

     

    Uuuuuuuu Uuuuuuuu

    Tô te querendo
    Tô te querendo
    Tô te querendo

  • Nobre Vagabundo

    Quanto tempo tenho
    Pra matar essa saudade
    Meu bem o ciúme
    É pura vaidade

    Se tu foges o tempo
    Logo traz ansiedade


    Respirar o amor
    Aspirando liberdade
    Respirar o amor
    Aspirando liberdade

     

    Tenho a vida doida
    Encabeço o mundo
    Sou ariano torto
    Vivo de amor profundo
    Sou perecível ao tempo
    Vivo por um segundo


    Perdoa meu amor
    Esse nobre vagabundo

    Perdoa meu amor
    Esse nobre vagabundo

  • Beijo de Jambu

    Se você quiser viver

    Um gostinho diferente

    Põe Jambu na boquinha

    Fica aqui com a gente

    Põe Jambu na boquinha

    Fica aqui com a gente

     

    Com Jambu beija

    Beija…

     

    Com Jambu vai beijando

    Vai beijando….

    Vem beijando…

     

    Beija até o céu da boca

    E boca fica muito louca

    Muito louca….

    A boca fica muito louca

    Com beijo de Jambu

     

    O Jambu é um tempero gostoso

    Pra quem vem te beijar

    Onde não tem cupido

    O Jambu vai ajudar

    Onde não tem cupido

    O Jambu vai ajudar

     

    Na barriga e no peitinho

    Tem Jambu tem Jambu

    No pescoço e no sovaco

    Tem Jambu tem Jambu

     

    Nas narinas e o no dente

    Tem Jambu tem Jambu

    Se na nádega procurar

    Tem Jambu tem Jambu

     

    Até pra comer meu cu

    Vê se me beija com Jambu